segunda-feira, 1 de junho de 2009

Mulher vadia. (Poesia)






" Mulher vadia"
(Autor: Carlucio Oliveira Bicudo)



A noite...
A beira da calçada
Eu conversava.


Na rua um cachorro latia
Para a mulher que varia
As mágoas do dia-a-dia.


Meu olhar se perdia
E minha alma dizia
Que o chão que a mulher varria,
Estava impegnado
Do vício que ela mesma cometia.
(autor: Carlucio Oliveira Bicudo - Registro nº 25374 Livro 247 A)

2 comentários:

subzinha disse...

Faz um poema para mim....amei esse...quero colocar no meu blog..beijos devassos a ti

subzinha disse...

roubei sua frase rs...bjs