sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Andarilhos - Autor: Carlucio Bicudo - registro 62535 - livro 2A

             "Andarilho"

  Tenho triste, os meus olhos.
  Que sombrios, se refugiam
  Entre as armadilhas do amor.

  Tenho triste, o caminho...
  Que ao longo, percorro cabisbaixo.
  Com os pés empoeirados,
  Marcados pelo tempo.
  Vivendo como andarilho.

  Andarilho, pierrô...
  Que com o rosto molhado
  De lágrimas coloridas,
  Vem regar o canteiro da minha dor.

 Autor: Carlucio Bicudo - registro 62535 - livro 2A

4 comentários:

cristina disse...

Carlucio,a cada dia me surpreendo mais com você...cada poesia que leio,me dá a impressão que faço parte dela...é lindo sentir isso,é lindo ler e poder dizer...esse artista é meu irmão,ele faz parte da minha história,da minha vida...receba aí os meus aplausos prá você. Parabéns!

Lucas disse...

Parabéns aí professor... você sabe muito bem como se escreve poesia... algumas vou levar pra minha vida!

luciana disse...

Goostei , acheei suas poesiias beeim interessantes !

Ermília disse...

Amei a poesia, parabéns.