sábado, 26 de março de 2011

Um projeto que deu certo.



O Um poema em cada árvore é um projeto que visa o incentivo à leitura, à produção literária, a democratização do acesso aos bens culturais e popularização da poesia em Governador Valadares. Poemas de autores desconhecidos do grande público são impressos e pendurados em árvores de praças, ruas, avenidas e calçadões da cidade.

O Um poema em cada Árvore começou em agosto de 2010 a partir de iniciativa do poeta Marcelo Rocha.

Voluntários do Instituto Psia fazem a instalação dos poemas nas árvores.

Eu também participei com uma poesia.

Esta edição do projeto aconteceu em março de 2011, na lagoa que une os bairros Morada do Vale, Lagoa Santa e Santo Agostinho na cidade de Governador Valadares/MG.

Participaram desta 7ª edição do “Um poema em cada árvore”:

Alice Daniel

André Hemerly

Carlúcio Oliveira Bicudo

Dante Barbosa

Gika Persan

Luciano Esposto

Marcelo Rocha

Marília Siqueira Lacerda

Nilda Dias Tavares

Valdeck Almeida de Jesus

ValdirAzambuja.

Como participar


Qualquer pessoa pode colaborar com textos em verso. Os trabalhos devem ser enviados ao e-mail institutopsia@hotmail.com digitados em Word. Os textos enviados serão avaliados pela coordenação do projeto e selecionados conforme qualidade literária e adequação ao público. A participação no projeto é voluntária e não haverá pagamento de direitos autorais. Todo o material enviado poderá ser reproduzido na internet, no blog e Flickr do Instituto Psia.


5 comentários:

ADRIANA disse...

Oiii professor!!! muito boa sua pagina, bjs

Ian disse...

Gostei!
bem interessante!
Parabéns pelo Blogger.

ASS: Ian Ferreira

Inês disse...

Carlúcio, que idéia interessante! Poesia x Natureza... se completam e nos inspiram. Amei!

Seu Blogger tá lindo, parabéns! Bjs

Giovana Damaceno disse...

Este projeto me lembrou a Flip 2006, quando os organizadores da Flipinha criaram os "pés de livros". Em todas as árvores da praça da Matriz pendiam livros em barbantes, que podiam ser puxados a qualquer altura para que as crianças pudessem ler, de pé, ou sentadas no chão. Muito legal!

Helen Cristina disse...

OI professor!! adorei suas poesias,são bem interessantes, gostaria de saber se o senhor está fazendo artesanato, queria uma luminaria de teto artesanal, se o senhor estiver fazendo, me mande um email, helencrissilva32@hotmail.com, obrigada e parabéns pelo seu blog.